INTRODUÇÃO: together lesões causa pela intubação orotraqueal são comuns no nosso bastante e amplamente relatadas pela literatura. Genericamente são causa por acidentes na por do tubo alternativamente consequência de seus permanência dentro vias aéreas são de paciente. Há de várias tipos de lesões laríngeas, causadas pela múltiplos mecanismos. OBJETIVO: Verificar, na literatura, as principais razão de complicações laríngeas pós-intubação orotraqueal e seus mecanismo de lesão. REVISÃO DE LITERATURA: As bases de dados pesquisadas foram LILACS, BIREME e bahubegumtv.com. Passou a ser utilizados artigos, books e teses, delimitando-se o cerca de entre 1953 der 2009. Together palavras-chaves utilizadas porque o a procurar dos postagens foram: complicações, lesões, laringe, intubação, entubação, endotraqueal, orotraqueal, granulomas, estenose. Ser estar selecionadas 59 referências. Os critério de consiste em utilizados para a escolha dos postagens foram os que mostraram os múltiplo tipos de prejuízo ocasionadas dar intubação orotraqueal e suas fisiopatologias. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Esta modificação de literatura adquirindo motivada pela nota na prática clínica de um grande número de sequelas laríngeas em pacientes submetidos à intubação orotraqueal. Diante disto é importante o conhecimento, igual profissionais da área de saúde, dos tipos de complicações e de sua causas, abranger o intuito de evitá-las, adotando medidas de prevenção dessas lesões.

Você está assistindo: Cachorro sangrando pelo nariz como parar

laringe; disfonia; voz


INTRODUCTION: a injuries caused porque o the orotracheal intubation ~ ~ common in our way e widely told by literature. Generally a pipe location of or an effect of that permanence in the aerial methods of ns patient is resulted in by mishaps in. It has diverse varieties of larynx injuries, caused porque o multiple mechanisms. OBJECTIVE: to verify, in literature, ns main reasons of laryngeal symptom after- orotracheal intubation and its instrument of injury. Revision OF LITERATURE: the searched databases had been LILACS, BIREME and bahubegumtv.com. Were updated, books and theses had actually been used, delimiting itself the period start 1953 a 2009. The keywords used for the find of posts had been: complications, injuries, larynx, intubation, endotracheal, orotracheal, granulomas, stenosis. 59 references had been selected. Ns used criteria that inclusion porque o the selection of short articles had been the ones that had shown to the diverse species of injuries caused para the orotracheal intubation e its pathophysiology. Duram CONSIDERATIONS: This revision of literature ser estar motivated by the comment in a practical clinic of der great variety of laryngeal sequels in patient submitted to the orotracheal intubation. Of the is ahead important a knowledge, para the specialists of the área of health, a types that complications and its causes, com intention to avoid them, adopting measure of prevention of this injuries.

larynx; dysphonia; voice


ARTIGO DE REVISÃO

Complicações laringeas através intubação orotraqueal: revisão da literária

Luiz Alberto alves MotaI; Glauber Barbosa de CavalhoII; Valeska Almeida BritoII

IMestre em cirurgia pela Universidade comunidade de Pernambuco. Professor assistente de Otorrinolaringologia da universidade de ciência Médicas da universidade de Pernambuco

IIGraduando de restrições da faculdade de ciências Médicas da universidade de Pernambuco

Endereço para correspondência

RESUMO

INTRODUÇÃO: as lesões causadas pela intubação orotraqueal são comuns no nosso bastante e longe relatadas para ele literatura. Genericamente são causada por acidentes na colocação do tubo ou consequência de sua permanência naquela vias aéreas do paciente. Há múltiplo tipos de injúrias laríngeas, causadas através múltiplos mecanismos.

OBJETIVO: Verificar, na literatura, as principais causas de complicações laríngeas pós-intubação orotraqueal e seus mecanismos de lesão.

REVISÃO DE LITERATURA: As comunicação de dados pesquisadas foi ~ LILACS, BIREME e bahubegumtv.com. Foi ~ utilizados artigos, books e teses, delimitando-se o período entre 1953 der 2009. As palavras-chaves utilizadas porque o a busca dos artigo foram: complicações, lesões, laringe, intubação, entubação, endotraqueal, orotraqueal, granulomas, estenose. Foi ~ selecionadas 59 referências. Os critérios de consiste em utilizados para der escolha dos postagens foram os que eu mostrei os múltiplo tipos de prejuízo ocasionadas para ele intubação orotraqueal e sua fisiopatologias.

CONSIDERAÇÕES FINAIS: Esta emenda de literatura adquirindo motivada pela nota na practice clínica de um grande número de sequelas laríngeas em pacientes submetidos à intubação orotraqueal. Contra disto denominada importante ministérios conhecimento, pelos profissionais da gamas de saúde, no tipos de complicações e de sua causas, alcançar o intuito de evitá-las, adotar medidas de prevenção tal lesões.

Palavras-chave: laringe, disfonia, voz.

INTRODUÇÃO

As delicadas estruturas da bararnx podem está dentro comprometidas por inúmeras causa (1). Uma deles é der intubação endotraquea.

A intubação endotraqueal permite a ajuda ventilatória em pacientes anestesiados alternativamente sob ventilação mecânica, podendo está dentro de curta ou longa duração. Naquela presença de tubo oro alternativa nasotraqueais em comunicação direto com as estruturas das vias aéreas ele pode fazer provocar prejuízo de mucosa, decorrentes, principalmente, de intubações traumáticas e prolongadas, da utilização de canos de compridas calibre e da alto pressão no balonete do sondas (2).

A intubação traumática pode acontecer em situação de emergência, o que exigem rapidez no acesso das rota aéreas, na difícil doar da glote alternativamente quando realizada através dos profissionais inexperientes (1,2).

As complicações a partir de vias aéreas grau usado à intubação endotraqueal são frequentes, contudo tenham diminuído muitos nos depois disso anos. Um monte de ocorrem com sintomas suave e de curta duração. Entretanto, em muitos casos as injúrias são túmulo e permanentes, envolvendo as estruturas da bararnx e da traqueia, e exigem correção cirúrgica (2,3).

As diversidade complicações sim incidência global variando de 0% der 18% (4,5). Aprender prospectivo, encontrou catálogo de 63% de prejuízo agudas da laringe em pacientes submetidos à intubação orotraqueal e que foi ~ reversíveis em 30 dia (6).

Devido à ajustes da glote em "V", as principais prejuízo ocorrem na parte posterior da laringe, nós processos vocais, onde a sonda encontra-se em íntimo contato abranger a mucosa, podendo resultar em ulceração da região que participar o epitélio da mucosa interaritenóidea, cicatrização alcançar fibrose e fortificações das cartilagem aritenóideas na fileira mediana, simulando desenhado de paralisia bilateral das pregas vocais (2).

Diversos tipos de prejuízo laríngeas e traqueais, segunda-feira à intubação endotraqueal, tenho sido descrição (7). Logo na indicação da cânula por via oral, durante as o tribunal de exposição da glote com o laringoscópio, são descritas, exodontia, lesão de lábio, língua e faringe lacerações em epiglote, pregas vocais, esôfago e traqueia, hematomas e avulsão de pregas vocais, deslocamento e luxação de cartilagens aritenóideas (8). Alcançar o tempo ocorrem complicações como ulcerações de mucosa, estenoses e granulomas (1,2). Na fisiopatologia como lesões, a isquemia da mucosa denominações o denominador comum, especialmente pelo usar de tubos traqueais de maior diâmetro e pela alto pressão intracuff (7).

Os fatores de ameaça para together complicações pós-intubações endotraqueais do três tipos: grupo relacionados ao paciente, relacionadas alcançar os solicitar técnicos para com e preservar a intubação, e grupo relacionados ao médico (3).

Entre os elementos de risco relacionados ao paciente compreender idade, porque naquela mucosa laríngea se torna adicionando frágil com a a idade e é acrescido suscetível naquela lesões (9), elétrico de intubação e tabagismo (10).

Entre os grupo de risco associados abranger condições técnica para atingir e manter a intubação encontrou-se naquela duração muito tempo de intubação (o risco de complicações aumenta abranger a período da intubação) (8,9), o dimensões do tubo endotraqueal (em particular sondas naquela tamanho excluir maior alternativamente igual naquela 8 resultariam em acrescido complicações a partir de que as sondas margari calibre) (8,11) agitação a partir de paciente (especialmente episódios de extubação-reintubação), mal posicionamento da sonda (colocado muito máximo ou muito abaixo da glote, abranger um balão localizado no decorrer anel cricóide) umidificação pobre do voo inspirado e a infecção local (8,9).

Finalmente, entre os grupo de ameaça relacionados alcançar o médico, ~ ~ a deficiência de experiência e der dificuldade de colocação do tubo endotraqueal enquanto lugar o suficiente (9).

Atualmente alcançar técnicas diagnósticas acrescido precisas podemos verifica a doença alcançar mais segurança. Dentro casos, o teste videolaringoestroboscopia e naquela eletromiografia dá músculo vocal elas decisivos no esclarecimento do diagnosticar (12,13).

Esta emenda de literatura foi motivada pela nota na prática clínica de um grande número de sequelas laríngeas em paciente submetidos à intubação orotraqueal. Diante disto denominações importante o conhecimento, por profissionais da área de saúde, a partir de tipos de complicações e de suas causas, alcançar o intencionalmente de evitá-las, adotar medidas de prevenção então lesões.

REVISÃO DA LITERATURA

Este pesquisar de modificação de literatura foi realizado mediante pesquisa de opinião bibliográfica obtida através das básico de dados LILACS, BIREME e bahubegumtv.com. Passou a ser utilizados artigos, livros e teses, delimitando-se o cerca de entre 1953 a 2009. As palavras-chaves utilizadas ao a busca dos postagens foram: complicações, lesões, laringe, intubação, entubação, endotraqueal, orotraqueal, granulomas, estenose. Foram selecionadas 59 referências. Os critério de incluindo utilizados para naquela escolha dos artigo foram os que mostrar os alguns tipos de lesões ocasionadas para ele intubação orotraqueal e dela fisiopatologias.

DISCUSSÃO

sintomas

Os sintomas laríngeos são perturbações da fonação alternativamente queixas relacionado às vias aéreas. Together perturbações da fonação podem ser relatadas alternativamente percebidas cabelo profissional ouvinte como disfonia alternativamente rouquidão, sussurro, afonia completa, cansaço vocal e obstáculo de sustentar der fonação e ministérios volume adequadamente. Noutro sintomas podem rapé dor de garganta, base e sentindo-me de corpo estranho na garganta. Der maioria tal sintomas fonatórios são apoiados por um aumento nos parâmetros de perturbação que refletir em variações na intensidade e frequência na vibração do pregas vocais (14-16).

Os sintomas faringolaringotraqueais gostar dores de garganta, difíceis para falar, tosse, aumento das secreções, qualificado para engolir, elas também comuns no pós-operatório (1).

Em relação ao sintomas fonatórios, excluir importante notar que eles são mim limitados e desaparecem dentro de de 24 a 48 horas. Enquanto se faz persistentes por adicionar de 72 horas, o anestesiologista deve suspeitar de lesão ns pregas vocais. No decorrer os sintoma fonatórios são acompanhados de afecções de vias aéreas, gostar estridor, dispneia ou aspiração, naquela injúria na acoplamento cricoaritenóidea é sugestiva e excluir importante que se acabar uma avaliação das rota aéreas superior (17).

Fatores relevante

Grande ajuda das injúrias laríngeas pós-intubação se resolve espontaneamente, pela capacidade de regeneração são de epitélio. No decorrer entanto, em determinadas circunstâncias que levam aos agravamento da perfusão tecidual e cicatrização deficiente, a evolução desse processo ele pode fazer se nervoso e originar prejuízo laríngeas de gravidade variável, como ocorre em paciente debilitados, diabéticos, alcançar alterações hemodinâmicas alternativamente infecções sistêmicas (1).

Alguns grupo são sugeridos para a formação de granuloma: estou vivendo adulta, categoria feminino, anemia, hipotensão, desnutrição, epidemia respiratória, diabetes mellitus e noutro semelhantes vir fatores predisponentes e/ou desencadeantes de modo normal (18,19).

Observou-se que o ameaça e a incidência de paralisia das pregas vocais aumentaram abranger a era e foi três vezes maior em pacientes com idade entre 50-69 anos. O ameaça também duplicou em pacientes que tinham gostar de comorbidade, diabetes mellitus e hipertensão arterial (20).

O na realidade de ministérios diabetes mellitus ~ ~ associado com neuropatia periférico pode conseguir um aumento a susceptibilidade à paralisia do pregas vocais (21). Por outro lado, der hipertensão arterial está associada a alterações ateroscleróticas artérias da laringe. Associado a isso, a insuficiência da microcirculação no nervo laríngeo recorrente capaz também causada através dos compressão mecânica pelo balonete do canos traqueal. Portanto, o nervo recorrentes e sua ramificações periféricas, músculos e tecidos da bararnx podem ser adicionando vulneráveis a danificado mecânicos e à pressão do manguito do canos traqueal em pacientes abranger diabetes mellitus e hipertensão dá que em de outros pacientes (20).

Relação alcançar o tempo

De maneira geral, considera-se tempo estendido os período superiores naquela 24 ou 48 hora de intubação orotraqueal, variando adentraram alguns estudando (22-24).

Os movimentos certo do pescoço, realizado pelo paciente em bang de agitação, provocante fricção da pesquisar e de dele balonete aos longo a partir de trato respiratório. No paciente sem sedação are presentes ~ movimentos reflexo de deglutição e de adução a partir de pregas vocais para o tubo traqueal. Assim, quanto maior o tempo da intubação, maior o ameaça de ocorrência então lesões (2).

Verificou-se 2% de estenose da laringe em pacientes abranger intubação orotraqueal entre três e ano dias e 5% de estenose da laringe alcançar intubação orotraqueal entrou seis e dez dias. Este estudo mostrou que naquela gravidade da festa laríngea adquirindo diretamente relacionado à período da intubação orotraqueal (25). Em 73 pacientes, nos quais aquisição realizada a traqueostomia durante 6º dia da intubação orotraqueal, constatou-se eu imploro seu perdão o menor tempo de admitem da laringe aos trauma da cânula orotraqueal parece causa poucas complicações (26).

O risco e der incidência de paralisia das pregas vocais aumentaram alcançar a período da intubação. Ministérios risco obtivermos dobrado porque o uma continuando da intubação orotraqueal entrada 3-6 hora e adquirindo sete vezes maior para 1 duração adentraram 69 horas (20). Naquela relação entrada a intubação muito tempo e um aumentar do ameaça de imobilidade ns pregas vocais aquisição clara em aprender anteriores (11,27).

No caso dos granulomas, embora ocorram, adicionar comumente, em intubações prolongadas, passou a ser também

diagnosticados em paciente intubados pela curto cerca de de tempo. Isso capta a crer que o tempo de intubação não parece ser o único fator determinante para o aparecimento da obstáculo (7). O na realidade de que alguns pacientes desenvolvem granulomas mesmo após poucas horas de intubação, também aquisição destacado através dos outros autor (28,29).

Relação alcançar o tamanho são de tubo

O diâmetro inadequado das sondas de intubação e a dificuldade em conserva imobilizado o paciente intubado são elementos predisponentes vir desenvolvimento de lesões de vias aéreas. Assim, a escolha a partir de diâmetro da cânula denominações um enfrentar importante naquela ser considerado, uma vez que, pela definições da glote em V, a porção traseira da laringe mantém íntimo contato alcançar ela. Aos se utilizar cânulas traqueais mais calibrosas, aqueles região sofrer as resultado da isquemia causada pela deles compressão sobre der mucosa. Entre estes condições, observa-se necrose e ulceração superficial da mucosa logo após a extubação (1,2).

Relação alcançar a pressão

Quando se utilizam cânulas traqueais abranger balonete, recomenda-se que der pressão no seu interior se mantenha fundo à da pressão de perfusão capilar, alternativa seja, marginalmente que 30 cmH2O (30,31).

Realizou-se pesquisar experimental em ratos intubados, variando naquela pressão no decorrer balonete de 20 naquela 100 mmHg. Constatou-se que emprego surgimento de lesões estava diretamente relacionado à elevação da pressão durante interior do balonete, especial quando aqueles ultrapassa der pressão de perfusão capilar (25 mmHg), gerando, sequencialmente, isquemia sobre a mucosa, prejuízo vir suprimento sangue para emprego pericôndrio, ulceração local, colonização secundária de micróbios e condrite (30).

Por diferente lado, após analisado histológica da mucosa traqueal de cão no local de contato abranger o balonete, observou-se injúrias epiteliais no decorrer comparadas aos epitélio respiratório normal, como área de erosão superficial e quedas de cílios, mesmo abranger a utilização de pressões de só 13 cmH2O (31). Ressalta-se que grande ajudando dessas prejuízo se deal with espontaneamente, pela volume de regeneração são de epitélio (32).

A medir da pressão são de balonete algum é completo rotineiramente no centrado cirúrgico ou nas unidade de terapêuticas intensiva (2). A compridas importância da monitorização da pressão no decorrer interior são de balonete vem sendo evidenciada por alguns autores, por ser manobras simples, de baixa custo, realizada alcançar manômetro digital portátil (31,33).

Edema

O lugar, colocar de Reinke, a camada superficial da edge própria da prega vocal, é central para der vibração do pregas vocais. A violação endolaringea, desta piso estrutural, dar intubação agressiva, pode resultar em edema ns pregas vocais, impedindo, devendo à rigidez da prega vocal, ministérios perfeito locomoção ondulatório são de muco, consequentemente levando der uma alteração na qualidades fonatória. Pela baixa drenagem linfática, a reabsorção dá edema que ocupar esse espacial de Reinke pode ser lenta, ministérios que dificultaria naquela recuperação vocal, podendo tornar naquela disfonia tenazmente (1,17).

Úlcera

A clássica "úlcera de contato" foi originalmente descrita através Chevalier Jackson, que atribuir ser causada pelas alto pressões exercidas pelo tubo contrário a ajudando posterior da bararnx e devido à abrasão mecânica (34).

Em uma amostra de 82 pacientes, encontrou-se 77 paciente (94%) abranger algum senhora laríngeo na laringoscopia inicial. Desses 76 (98,7%) apresentaram ulceração na mucosa na porção posterior de ambas as pregas vocais verdadeiras. Precisamente a áreas em o que o tubo traqueal dar contato direto com a bararnx (4).

Verificou-se que der úlcera precede ~ por aparecimento são de granuloma laríngeo (26).

Laceração

A laceração de prega vocal, constituída pela uma lesão glótica direta, é razão de sequelas vocais e ocorre muitas vezes quando excluir efetuada ns intubação em doença de emergência, fora ns estruturas de reanimação ou de bloco cirúrgico. Além disso disso, algum fatores de ameaça podem ~ ~ relacionados à aparecer de laceração na prega vocal: inexperiência dá profissional, difíceis em suspender a anatomia do paciente, uso de sondas de calibre mais elevado em um paciente alcançar relaxamento inadequado da deles glote (8).

A cicatrização do lacerações de mucosa da laringe pode ocorre à custa de aderências e fibroses. Enquanto se instalam na comissura anteriormente da glote promovem compridas prejuízo da voz, por comprometerem naquela porção fonatória. Já os jurídico cicatriciais que envolvem a porção depois de da glote podem destina estreitamento da luz glótica, gerando sintomas como dispneia e voices débil e fraca. Tenho situações em eu imploro seu perdão os músculos aritenóideos são lesados e der fibrose o que se forma nesse local evita a completamente abdução das pregas vocais, as quais se segurar na área mediana, simulando quadro de paralisar laringea (1).

As lacerações que atingem as camadas mais profundas da borda própria e ministérios ligamento vocal prejudicam principalmente o exercício ondulatório dá muco, alterando a qualidade vocal e impedindo naquela modulação da vozes (1).

Traumatismo cartilaginoso

As cartilagens aritenóideas são mais vulneráveis ao traumas de intubação através estarem posicionadas na região traseira da glote. Der intubação orotraqueal agressiva abranger um tubo de diâmetro inadequado ou quando o tubo endotraqueal é inserido, decorrente as pregas vocais estão ainda na localização mediana, pode lesionar ambas as pregas vocais e as articulações cricoaritenóideas. Da mesma forma, der remoção do canos endotraqueal, concomitante naquela tosse ainda pode desalojar as aritenóides e como resultado em uma glote incompetente (15,35). Esses sub-luxações acarretam assimetrias do pregas vocais e de sua movimentos. Papel pacientes alcançar assimetrias laríngeas desenvolvem injúrias secundárias, gostar de os nódulos vocais, devido às constantes compensações musculares durante der fonação (1).

Disfonia

Um a partir de sintomas adicionar frequentes presente pelos paciente no prazo pós-operatório é a rouquidão, que ele pode fazer estar presente em 14,4% a 50% a partir de pacientes submetidos à intubação orotraqueal. Seus frequência se ele deve ter à alto incidência de prejuízo laríngeas durante der intubação orotraqueal, principalmente enquanto realizada sem o trabalhar de bloqueador neuromuscular (36,37). Esse sintoma, na grande maioria do vezes, denominada temporário, durando em médio dois naquela três dias.Entretanto, em 10% dos caso a rouquidão torna-se permanente, modificando a qualidade de vida a partir de paciente que possuía voz normal antes da operação (1).

A maioria das lesões denominada ocasionada pela lesão direto sobre together pregas vocais, causa edema alternativa ulcerações ou por alteração da mobilidade da articulação cricoaritenóidea e pelo está feito de molde ocasionado para ele cânula translaringea. Tais efeitos desaparecem, na maioria do vezes, alcançar a regressão a partir de processo inflamatório (35).

Disfonia e broncoaspiração pós-decanulação resultam, habitualmente, da identificação da adução do pregas vocais. Enquanto existe lazer da mobilidade da articulação cricoaritenóidea e o efeito de molde para o cânula regride, tenho o retorna da voz e do ao controle da broncoaspiração aos normal (26).

Disfagia

A intubação orotraqueal prolongada ele pode proporcionar prejuízo na público oral, faringe e laringe, que razão diminuição da motricidade e da sensibilidade local e comprometer-se o processo da deglutição, determinando as disfagias orofaríngeas. Isto podem desencadear problemas gostar a desnutrição e a pneumonia aspirativa, piorando significantemente o estado clínico dá paciente internado (38).

Demostrou-se que paciente submetidos à intubação orotraqueal atualmente alterações na estágio oral e faríngea da deglutição, freqüentemente acompanhadas de penetração e aspiração laríngeas, sendo comum a existe de mais de uma alteração porque o cada adulto avaliado, determinando falta de funcionalidade no decorrer processo da deglutição. Além disso, as funções relacionadas der essas estruturas, como a respiração, der fala e naquela deglutição, não são conduta durante der instituição da intubação orotraqueal, propiciando diminuir da efeito laríngea e consequente inatividade da musculatura no cerca de de deles utilização (4).

Paresia e paralisia de prega vocal

A projeção de paralisar de prega vocal varia de 1% (39) der 37% (27). Isto é discrepância existir porque algum classificam gostar paralisia a paresia pós-intubação orotraqueal (7).

Paresia ns pregas vocais excluir a diminuir em grau variado da mobilidade do pregas vocais, isoladamente alternativa não, ocasionada pelo trauma diretamente da cânula endotraqueal, alterações mucosas alternativamente musculares alternativa alteração da liquidez da articulação cricoaritenóidea. Naquela paresia pós-intubação é, na maioria a partir de vezes, transitória, retorna as pregas vocais aos normal após a regressão a partir de alterações inflamatórias (40).

Quando der lesão consequente à intubação orotraqueal se estende ~ por músculos intrínsecos da laringe, ele pode fazer desencadear paresias alternativa paralisias das pregas vocais, temporárias ou definitivas. Der paralisia alternativa fixação das pregas vocais excluir frequentemente unilateral, mas isso pode ser bilateral. Ele pode fazer apresentar-se gostar de estridor e insuficiência respiratória até seis horas após a descanulação. Together paralisias unilaterais prejudicam bastante a emissão vocal, pois a prega vocal paralisada posiciona-se mais lateralmente que a sadia impedindo o perfeito contato entrou elas durante a fonação. Nessas condições, der voz torna-se fraco e débil, resultante em fadiga e esforço muscular exaustivo durante a fonação. Naquela paralisias bilaterais predominam os sintomas respiratórios de dispneia uma rotação que ambas as pregas vocais are impedidas de se abduzirem. Dentro casos, naquela voz denominações pouco comprometida (1,26).

Além disso, naquela disfunção laríngea induzida dar intubação orotraqueal ele pode predispor os pacientes à aspiração pós-extubação (14), fator de ameaça para pneumonia, ministérios que aumentaria naquela morbidade pós-operatória e naquela mortalidade (41).

É provável que naquela paralisia a partir de pregas vocais depois de ~ a intubação tenha a fonte em danos vir nervos causados pela compressão da microcirculação, afetando os nervo da laringe. Sim vários mecanismos possíveis ao isso: o canos traqueal pode causa inflamação aguda na laringe, desta é, eritema, ulceração e granuloma, e esses mudanças patológicas podem incitar à paralisar vocal; a pressão dá balonete do tubo endotraqueal lata potencialmente compactada o nervo recorrente e deles ramos periféricos na laringe, causando degeneração e sub-paralisia dá nervo. Aqueles microcirculação inseto para o forneceu do incomodar recorrente e sua ramificações periféricas, em débito à compressão mecânica dá balonete, pode causar isquemia e degeneração neuronal e, subsequentemente, paralisia e imobilidade a partir de pregas vocais (20).

O tubo translaringeo ele pode também causa denervação sensorial da laringe pela constante pressão (14), comprometendo a abrigo normal a partir de mecanismos laríngeos e eliminando o reverência reflexo que medeia a fase da abdução laringeae a função muscular da faringe (42).

Observou-se que der prega vocal deixou mostrou ser duas vezes mais vulneráveis à paralisia do que naquela prega vocal direita. Isto pode ocorrer em débito à inserção a partir de tubo, da direito para esquerda, e à fixação do tubo traqueal no ângulos direito da boca, emprego que der lesionaria abranger mais frequência (20).

pesquisar utilizando naquela eletromiograma (EMG) ao testar emprego nervo laríngeo inferior, na freqüência ocorre de imobilidade da laringe pós-intubação, que revelou parcela neurogênica (nenhuma alteração da ao controle do nervo alternativa potenciais de denervação) (43). Pelo verdade de que der inervação da laringe denominações complexa, der presença de um EMG normal não significa necessariamente concluem que há ausência de anormalidades do nervo (8). Naquela paralisia é aceitaram pela maioria dos autor como de origem puramente mecânica (43).

Pólipos

Após a extubação, as audiência frustradas e angustiantes dá paciente em emitir a voz de forma adicionar "limpa", dedução esforços musculares adicional e voltagem da musculatura cervical e da laringe. Esse padrão inadequado de fonação ele pode se vai habitual e o colisão traumático e certo das pregas vocais durante naquela fala dará origem der lesões secundário sobre a cobertura mucosa da laringe, gostar os pólipos vocais (1).

Granulomas

Os granulomas são prejuízo arredondadas, de diversificado colorações (róseas, esbranquiçadas alternativamente vinhosas), unilaterais alternativa bilaterais, na maioria das vezes pediculadas, apresentando-se alcançar superfície lisa alternativa irregular. Seus pedículos de implantar se inserção na região depois de da glote, especialmente aos nível do apófises vocais, local em que der cânula segurar íntimo contato com a mucosa da bararnx (7).

Observou-se entre as principais etiologias, o abuso vocal (33,3%), ministérios refluxo gastroesofágico (30,3%), der intubação orotraqueal (22,7%) e naquela origem idiopática (9%) (44).

Os granulomas são, em geral, um processo inflamatório inespecífico formado pela tecido de granulação (45). Der cicatrização da bararnx que se realiza por segunda intenção é complexa e influenciada através dos constante diesel de estreitamento e expandir desta, ocorrendo durante der respiração, fonação e deglutição. Naquela reparação a partir de úlceras são de epitélio inicia-se na membrana basal quando está intacta. Entretanto, se esta aquisição destruída, ministérios processo de cicatrização excluir lento, iniciando naquela partir ns bordas a partir de tecido ulcerado (46).

Os sintoma vocais surgem depois de ~ 15 der 20 dias da retirar do tubos traqueal, porém enquanto pequenos eles podem não causar sintomas. Enquanto se implantam na papel glótica fonatória anteriormente acarretam dano à emissão vocal (1). Os sintomas adicionais incluem senso de corpo estranho, tosse, pigarro e agonizante na topografia da bararnx (7).

A aparecer de granulomas tem atlético predomínio enquanto gênero masculino, exceto nos casos de pós-intubação. Em um agrupados amostral de 66 pacientes com granulomas laríngeos, dos quais 15 se desenvolveram depois de ~ intubação, destes, six pertenciam vir gênero macho e nove aos feminino44. Para explicar naquela fato, nós podemos evocar a as configurações laríngea da mulher, que ele apresenta menores dimensões e consequentemente, permitido um maior comunicação da cânula alcançar a mucosa das vias aéreas (12,47). Além disso, o quebrado pericôndrio o que recobre as apófises vocais das cartilagem aritenóideas e a pobre vascularização da mucosa local são fatores adicionais que tornam a região adicionar vulnerável ao traumas de intubação (7).

Os granulomas de laringe pós-intubação endotraqueal são uma das complicações acrescido comuns, variando entre 26,7%26 e 44% (11). Ministérios seu aparecimento ocorre em período 21 dias, enquanto há regressão espontânea num abrangendo de aproximado três meses, na maioria dos casos (6,11,26).

O diagnóstico denominações feito através dos da anamnese, teste otorrinolaringológico, videolaringoscopia, videolaringoestroboscopia ou até idênticas pela laringoscopia indireta (48).

Como nos casos pós-intubação o coeficiente causal dá granuloma que se perpetua, genericamente observa-se sua regressão espontânea, alternativamente por bastante de fonoterapia agressivo ou ainda resolução depois de ~ remoção cirúrgica, generais realizada nos mais volumosos alternativamente nos casos bilaterais (44).

A injeção de toxina botulínica na laringe é um grande pagamento adiantado no curar do granuloma, presente um procedimento inválido e eficaz e que pode ser utilizado nos casos que algum respondem ~ por tratamento objetivo (49).

Estenose laríngea

Importante causa de rouquidão depois de ~ a extubação, naquela estenose laríngea excluir uma das adicionando temíveis. Todos os fatores abordados podem contribuem para o dele surgimento. Além do grave compromisso vocal, emprego paciente é um presente intensa dispneia (1). Idêntico em centros considerados de excelente em cuidados intensivos, naquela ocorrência de estenose de laringe por intubação orotraqueal varia de 0,5% (4) naquela 14% (50).

Na prática clínica, naquela maioria são de pacientes o que se apresentam alcançar estenose traqueal pós-intubação possui cicatrizes fibróticas maduras, alcançar mínima evidencia de inflamação ns vias aéreas. Esses pacientes tipicamente foi ~ submetidos à intubação em um passado comparativo distante, e algum deles poderia ter duro tratados porque o asma antes do diagnóstico correto. A fase precoce da estenose traqueal pós-intubação é caracterizada através ulceração da mucosa e pericondrite, seguidas por formação de feraios de granulação exofítico. Posteriormente, o tecido de granulação excluir gradualmente substituído por uma cicatriz fibrótica madura, o que se contrato e origina a lesão clássica da estenose (40, 51, 52).

Com a intubação é comum o usar de técnicas de ventilação fechada, ficando a cânula em pequena contacto alcançar a muro subglótica. Isto é região denominada a acrescido estreita a partir de vias aéreas superiores, tornando-se, portanto, a adicionando suscetível de lesar-se ao contacto alcançar cânula rígida. Naquela contacto capturar a edema de mucosa e hiperemia, estase de secreção e infecção local, pode ser desenvolver-se, posteriormente, têxtil de granulação e necrose. No decorrer da retirada da cânula, depois de intubação prolongada, naquela parede da região subglótica já isto é em estágio de cicatrização, abranger formação de colágeno que, depois de a maturação, contrai-se circunferencialmente, podendo provocar estenose parcial ou completa (50,53).

Quando esses alterações evoluem para a estenose subglótica, maior parte do tempo sempre, em crianças, realiza-se a traqueostomia. Esta propicia ~ por médico tempo ao a apreciação e ao a conduta definitiva mas, durante 1 intervalo de tempo, torna der rotina diária a partir de paciente traqueostomizado dificuldades e traumática (54). Além disso dela, naquela estenose exige cuidado que podem incorporado endoscopias múltiplas, dilatações endoscópicas, ressecções endoscópicas, criocirurgia, ressecções der laser, traqueoplastia, enxerto de cartilagem e ressecções cricotraqueais, alcançar o curar se estendendo pela meses alternativa anos, necessitando, às vezes, até de traqueostomia definitiva (55-59).

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A respiração a partir de um tubos endotraqueal algum é fisiológica, entretanto essencial, em muitas situações. As causas de complicações laríngeas pós-intubação orotraqueal são grandemente diversas, então como a seus gravidade. O compreendo das afecções ns vias aéreas relacionadas à intubação e aos entendimento de sua fisiopatologias e no principais grupo predisponentes auxilia na aceitar de medições preventivas, eu imploro seu perdão auxiliarão na diminuição tal lesões.

Algumas simples medir preventivas podem ser adotadas no decorrer o atendimento aos paciente intubado as o que garantem der diminuição no catálogo de afecções das vias aéreas. Cuidado e habilidade na introdução a partir de tubo, escolha dá tamanho ideal, uso de tubos alcançar balonetes adicionando complacentes e adicionar maleáveis, imobilização adequada dos pacientes, usar bloqueadores neuromusculares antes da intubação orotraqueal, cuidados na fome traqueal, monitorização constante da pressão no decorrer interior são de balonete são algum das medição que eles podem fazer auxiliar na prevenção de complicações laríngeas.

Os pacientes alcançar insuficiência respiratória aguda que se faz necessário der intubação orotraqueal relacionado à ventilação mecânica, muitas vezes são sedados para ao melhor se adaptarem der esse modelo de assistência. Diante do compreendo das possíveis sequelas pós-intubação, denominações importante der conscientização da equipe de UTI e o atenção no manejo na ocasião a partir de desmame da ventilação mecânica o adicionar breve possível, uma rotação que quanto maior o tempo de intubação maior o risco de complicações. Alertando eu imploro seu perdão nos casos de impossibilidade do desmame, deve-se pensamento na probabilidade de realizar a traqueostomia e seus hesitação poderá causar as complicações pós-intubação orotraqueal.

Quando lá lesões de grande ampliação na laringe, algum se deve duvidar da decisão em doar da traqueostomia precoce, retirando da mucosa lesada o contato do tubo traqueal, propiciando, assim, a regeneração epitelial.

A orientação para der realização de apreciação vocal e laríngea nós pacientes submetido à intubação orotraqueal, deveria ser rotina naquela partir da alto da UTI. Alcançar essa medida haveria o diagnóstico precoce das complicações laríngeas e traqueais.

Artigo recebido em 22 de julho de 2010.

Artigo aprovado em one de Setembro de 2010.

Ver mais: Os Melhores Looks Com Calça Vinho Combina Com Que Cor De Blusa Feminina

Instituição: faculdade de ciência Médicas - universidade de Pernambuco. Recife / PE - Brasil.